BLOG Relacionamentos Romaryw Borges

Fases de Namoro, Noivado e Casamento

Aqui vou falar um pouco sobre como é ou o que acontece em cada uma das três fases citadas no titulo deste post. Aqui não foi feito uma grande pesquisa na sociedade para saber se de fato funciona assim, mas escrevi algumas coisas com base em experiência própria e outras coisas com base em experiências de outras pessoas.

Digo isso porque já fui e continuo sendo (graças a Deus) conselheiro de muitas pessoas em estágio de namoro, noivado e até mesmo casamento, e acredite, eu sei do que estou falando. Só não sei por que muitos amigos (as) me procuram para dar minha opinião como se eu fosse um conselheiro ou especialista na área, mas talvez seja pela minha visão clara das coisas (gosto de tudo no preto e branco) e também pelo modo de expor minha opinião que, aliás, muitas vezes é certeira.

Diferentes fases do relacionamento

Antes de alguém deixar algum comentário dizendo que estou totalmente errado com a escrita deste artigo, eu gostaria de dizer que o conteúdo deste post não se aplica a todos os relacionamentos, pois como sabemos, as pessoas são diferentes. Mas se aplica na maioria dos relacionamentos. Leia o post completo e saiba por que.

Fase de namoro

Fase do namoro

Tempo de namoro, conquistas, romantismo, viajar quilômetros só para ganhar um beijo ou pelo menos ver a pessoa amada. Tudo lindo, maravilhoso, um mar de rosas. Os defeitos do cara a mina não ver, acha tudo engraçado. Os defeitos da mina o cara também não ver, pois tudo nela é encantador para ele.

Na maioria dos namoros, o casal gosta de estar quase sempre juntinhos, e quando se separam por um dia a saudade aumenta tanto que às vezes choram. É o fogo da paixão que arde como chama convidando para novos horizontes, lugares desconhecidos, viver a vida em liberdade, sair pelo mundo os dois juntos sem ter dia pra voltar. Aliás, nem precisamos voltar. Vamos além do mar, além do infinito, porque tudo é lindo e temos que viver.

Nessa fase (namoro) as vezes é possível se pensar ou perceber alguma coisa de negativa sobre o outro, e também acontecem situações desagradáveis, discussão, etc, mas quando a paixão é grande se passa por cima desses obstáculos com mais facilidade do que no futuro próximo. De modo geral o que mais acontece é que as aventuras são como favo de mel, os obstáculos são superados com muita bravura, tudo pelo amor que se sente, e às vezes até enfrentam a própria família se a mesma tentar impedir esse namoro.

Temos que superar tudo porque vamos ser felizes para sempre. Assim pensa uma das partes, ou mesmo os dois, quando a paixão é mútua e ambos se correspondem, afinal de contas, são um casal de namorados apaixonados com boas intenções para o seu futuro ao lado da pessoa amada. Mas por quanto tempo essa maravilha toda vai durar? Vejamos!

Tempo de noivado

Fase do noivado

Nos moldes da tradição ou de forma moderna, se vão casar no papel ou igreja, ou ambos, antes os namorados devem noivar-se. Aquele processo de conversar com os pais, comprar alianças, planejar tudo direitinho, inclusive a data do casamento, local de moradia, etc. Mas quem dera se fosse apenas isso!

Vamos além desses padrões para ver o que de fato acontece.

Apesar de não saber ainda de certo o que virá o cara já começa a sentir um pesinho da responsabilidade de casado sobre as costas, a preocupação com algumas coisas tipo: Despesas do lar, trabalho, ter que abrir mão de algumas coisas da sua vida de solteiro, entre outras coisas que começam a cutucar seus miolos e lhe fazerem pensar: Será se de fato estou preparado?

Mas é claro, a ansiedade pra ser dono dela (o único), a curiosidade e ainda um pouquinho de paixão lhe cochicha nos ouvidos e diz: Vai dar tudo certo. Ou talvez simplesmente a sua fé espiritual lhe grite em voz alta dizendo pra confiar. Semelhantemente a mina, que nesse período, tem quase os mesmos pensamentos e preocupações, ansiedade, curiosidade, entre outras coisas, mas apenas com alguns pontos diferentes, é claro, pois afinal ela é mulher.

Agora vamos à outra grande verdade. Talvez, ou com certeza, a mina tem menos medo do que o mino. Quer saber? Vou parar com essa indecisão e vou afirmar… A mulher geralmente tem mais coragem para encarar isso tudo do que o homem! Inclusive, na maioria das vezes é a mulher quem fica no pé, quem fica encorajando, e às vezes até insistindo: VAMOS CASAR LOGO!

Algumas vezes isso é até necessário porque o cara é relaxado de mais. Mas claro, muitas vezes o homem ama de igual modo ou até mais, e mesmo assim fica com o pé mais atrás do que a mulher. Isso talvez porque em alguns pontos ser casado é bem mais difícil para o homem do que para a mulher.

Mas vamos concluir sobre o noivado sabendo de uma coisa, esse é um período em que há, e de fato deve haver, muita cautela, reflexão, avaliação de si mesmo e da pessoa com a qual pretende casar-se, pois afinal, o próximo passo (casamento) não é uma brincadeirinha de criança e muito menos deve ser encarado como mera experiência. Aliás, se pretende apenas fazer uma experiência pra ver se dá certo, aconselho que nem invente de se casar. A probabilidade de isso terminar bem é muito pouca.

Você estará de certa forma brincando com sentimentos de outra pessoa, e ainda poderá se dar muito mal na vida, inclusive judicialmente dependendo da situação. Fique atento (a).

Apesar de todas as coisas que falei, algumas até parecendo negativas, mesmo assim não se assuste. Apenas estou sendo verdadeiro para caso alguém esteja neste caminho, não fique iludido e nem iluda ninguém. Mas apesar de tudo, ou incluindo tudo, em resumo a faze de noivado é maravilhosa e necessária, pois essa faze ajuda o casal de namorados a ter um maior preparo para o casamento.

É bom a curiosidade, expectativas, o amor, a aproximação ainda maior e outras coisas que fazem o noivado parecer mágico ou milagroso. Saber que duas pessoas se preparam para a união, isso é lindo! Por isso é tão emocionante (eu acho) quase tanto quanto o casamento.

Agora no casamento

Fase do casamento

Oba! Casamos! Finalmente passamos pelo namoro e noivado, coisa que parecia uma eternidade diante da nossa ansiedade (ou da ansiedade de um dos dois). Um respiro profundo, uma conversinha sobre os nossos planos, futuro, etc. E depois, tome lua de mel!!! Quem casou e não passou por esse momento é porque não casou em um dos moldes tradicionais do Brasil (papel ou Igreja, ou ambos), ou então não casou querendo.

Mas se casou por amor, ou pensando que fosse, ou ainda se apenas juntaram os panos de bunda (como dizem os mais velhos se referindo a união sem casamento formal), então uma coisa é certa: tome lua de mel, é beijinho praqui, beijinho pra lá, e depois, lua de mel novamente (sexo sexo sexo).

Mesmo para aqueles que já transaram muito antes do casamento e já conhecem o corpo um do outro, acredito que nada se compara com aquela nova lua de mel. Uma forma diferente, o poder ficar sem medo, somos donos um do outro, temos agora todo tempo do mundo, só andamos juntinhos e vamos fazer isso sempre. E para quem não conhece ainda o outro sexualmente falando, melhor ainda.

E no auge de tanta doçura, os dois gozam da felicidade e talvez um pergunte: Nada vai mudar na nossa forma de se relacionar, né??? Hum… Ixi. Claro que a resposta para isso é incerta, e também depende de muita coisa, é algo relativo. Mas de modo quase geral, muitos insistem em querer acreditar que nada vai mudar e que não vai existir neste sentido nenhuma diferença entre o período do namoro e o do concretizado casamento.

Mas eu Romaryw Borges tenho um aviso: CUIDADO, NÃO SE ILUDA! Tudo vai mudar SIM. Quer dizer, não necessariamente tudo, mas muita coisa vai mudar. E muitas vezes muda àquilo que você menos esperava ou que menos queria que mudasse.

Com relação as tais mudanças, algumas coisas mudam num sentido positivo e outras no negativo, muitas coisas muda no homem e outras coisas na mulher, e muitas vezes as mesmas coisas mudam nos dois. Isso dificilmente acontece nos primeiros meses, mas sim depois de alguns meses de convivência no casamento, ou até mesmo alguns anos depois.

Agora os dois já se conhecem mais, ambos estão ligados, o medo da perda diminui, e consequentemente aquele sinal na pele ou mania que o outro tinha e que era apenas algo diferente e engraçado, ou até mesmo dava um estilo diferente agora passa a ser um defeito. Talvez o divertido se torne chato, o carinho a todo o momento agora passa a ser estressante sendo legal apenas se for nos momentos de sexo, e olha lá! E a desculpa é quase sempre a mesma.

Não temos mais tempo ou necessidade para isso, agora somos casados, podemos deixar as caricias para depois. E o fato é que esse depois dificilmente vem. A rotina só aumenta, o tempo de um para com o outro só diminui, os beijos de língua que eram tão gostosos e fortes na época de namoro agora já não tem o mesmo sabor e muito menos são dados com frequência, e quando acontece é quase que por obrigação (para não magoar o outrem) ou então no momento do rola enrola (sexo).

Agora depois de tudo isso você deve está imaginando que casamento é a pior coisa e também que eu Romaryw sou infeliz no meu casamento. Então saiba que casamento se for concreto e ambos estiverem mesmo dispostos, então casamento é maravilhoso.

Eu não me arrependo de ter casado, apesar de só ter 21 anos de idade quando fiz isso, apesar de está despreparado financeiramente, e apesar da minha namorada (agora esposa) na época ter apensas 16 anos de idade (também despreparada), ainda assim não me arrependo. Eu faria tudo de novo!

Talvez apenas algumas coisas de forma diferente, mas que em resumo hoje eu estivesse casado Sim, com a mesma pessoa com a qual estou e quero estar até o meu ultimo dia desta vida.

Já passei por muitos dos problemas aqui citados, e sei que outros virão. Outros problemas eu não passei e talvez nunca passe (assim espero). Mas o fato de eu ser feliz casado e da minha esposa também ser feliz tanto quanto eu (ou mais) não é uma questão de sorte. Na realidade isso é consequência de muita conversa e discursão, cautela, e claro, preparo psicológico que eu e minha esposa fazemos.

Algumas vezes para evitar que alguns problemas venham, mas não apenas, pois também procuramos nos preparar e aprender a lhe dar com os problemas. Isso é muito importante e eu recomendo que você faça também. Até porque alguns problemas fazem parte, vem para nos amadurecer e são inevitáveis.

Então se você está iludido (a) de que o casamento deve ser sempre um mar de rosas, CUIDADO! Pois quando os problemas surgirem você não estará preparado (a) e acabara desistindo, ou seja, adeus casamento, adeus sonhos plantados e todo planejamento de uma vida ao lado da pessoa amada.

Agora vamos esclarecer as coisas com umas perguntas formadas e respondidas por mim mesmo.

  • Romaryw, em todo casamento acontecem essas coisas?

RE: Algumas sim, mas todas as coisas claro que não. Como já falei no inicio do post, isso depende muito dos dois ou de outros fatores, e não vim escrever um artigo sobre relacionamento como se fosse uma receita de bolo, pois estamos falando de seres humanos e as pessoas são diferentes. Mas de modo geral, na maioria dos casamentos acontece basicamente isso.

Por isso escrevi este post, para você ter uma base e saber o que pode acontecer, e até mesmo para que possa lutar com garra a fim de evitar algumas coisas.

  • Sabendo que existe grande probabilidade de acontecer essas coisas no meu casamento, e vendo que muitas dessas coisas podem ser muito ruins, devo me preocupar com uma possível separação ou isso é coisa passageira?

RE: Olha meu caro leitor (a), acredite! Passageiro mesmo no relacionamento foi apenas o período de namoro e noivado, mas os problemas não são e nunca serão. Quer dizer, de certa forma sim. Vou explicar. É vencendo um obstáculo grande e já chegando outro maior.

A luta é constante. Então se quer viver bem com a pessoa amada, tente ao máximo fazer com que certos problemas nem apareçam, e se aparecer, lute até superar, se preocupe SIM, lute para vencer cada obstáculo, mesmo sabendo que outros virão.

Mas a vida é mesmo assim, e fora do casamento você não estaria isento de problemas. Então é vivendo um dia de cada vez, todo dia tendo que matar um leão, e a noite antes de dormir poder agradecer a Deus por ter lhe dado sabedoria e coragem para chegar aonde chegou.

  • Romaryw, de certa forma você transmitiu que alguns problemas são quase que inevitáveis. Como faço para superar estes tais inevitáveis?

RE: Primeiramente, antes de casar, quer seja no namoro ou noivado, aconselho que você já vá acostumando com a ideia de que muita coisa vai mudar quando casar. Aquela belezura toda do namoro vai mudar. Algumas coisas claro que vão continuar ou melhorar, e até deve, mas não se aplica a tudo.

Você deve logo ir se preparando e preparando a pessoa amada para os possíveis problemas, as possíveis mudanças que poderão acontecer. Não que vocês irão fazer todas essas mudanças, mas que elas virão naturalmente e vocês devem estar cientes disso. Não crie falsas expectativas de um relacionamento perfeito sem problemas, pois isso só existe em filme, e ainda assim é difícil.

Quanto antes você se preparar para encarar a vida de fato como ela é, melhor será para o seu relacionamento. Ficarão mais maduros e firmes, assim como a morada firmada na rocha que não se abala com qualquer tempestade.

Conclusão

Finalizo este post dando uma simples dica para os namorados e noivos: Pense cuidadosamente na pessoa com a qual pretende casar, e que depois disso o correto deverá ser conviver com ela para o resto da sua vida. Pense em si mesmo e no outro. E se de fato perceber que deve mesmo casar-se com essa pessoa, então é hora de os dois conversarem muito, muito mesmo. Conhecer e se acostumar com as qualidades, mas também com os defeitos do outro.

Depois de casados lutem todos os dias contra o costume da rotina (inimiga do casamento), e sejam felizes! Se precisar de alguma dica de um amigo que já é casado, só deixar seu comentário que estou aqui para responder da melhor forma possível.C

E você que é casado ou já foi, ou nem pretende, ou pretende, deixe seu comentário. O que concorda ou discorda? Qual sua experiência? O que recomenda? Comente!

 

Sobre o autor | Website

Blogueiro apaixonado por criação de conteúdo. Come, bebe e respira a internet onde atua a mais de cinco anos criando diversos projetos seus e de clientes que ficaram tão satisfeitos e se tornaram amigos...

Receba por email as novidades aqui do blog e também as minhas dicas exclusivas. É GRÁTIS!

100% livre de spam.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

18 Comentários

  1. Xavaska kent disse:

    Romaryw; você é muito molecão ainda; tem muito que aprender…..

    • Nem me conhece, como afirma que sou molecão??? rsrs. Se for devido a idade, você não sabe a minha exatamente, e mesmo que soubesse isso não significa nada. Mas de fato ainda tenho muito a aprender, assim como todas as pessoas. rsrs. Obrigado pela leitura e comentário. Abraços

  2. Ruan Gongar disse:

    Bom meu amigo, muito bom. Estou em um relacionamento com uma pessoa de personalidade muito forte, que tem um filho e ainda é bem mais velha que eu, mas essa personalidade define-se em: Sinceridade, respeito, carinho e muito respeito de ambas as partes. Quero também deixar claro que desde quando nos conhecemos tivemos problemas, mas não diretamente entre nós, porém, muitas pessoas falaram mal de mim pra ela dizendo que eu era safado e muitos mais… Quase ela desistia pelo fato de não me conhecer direito, e dou plena razão a ela. Entretanto, passamos por tudo isso, mostrei que eu não era aquilo que os outros falavam a meu respeito, estamos vivendo um momento muito bom e claro, queremos nos casar e planejamos uma filha. Hoje posso dizer que a amo do fundo do coração, sei dos defeitos dela assim como ela sabe dos meus, porém acima de tudo estamos juntos e queremos construir nossa família, e tudo isso com muita conversa!

  3. Mateus disse:

    Rapaz, muito bom
    gostei muito

  4. Anonymous disse:

    Humm gostei dessa postagem… É tem muitos q se iludem no namoro, e ja pensa em casar sem ter noçao das coisas!!!

  5. Eline Silva disse:

    legal gostei bboa.. lendo assim de cara descordamos de algumas coisas mas relendo da sentido algumas coisas sendo leal ou seja verdadeiro, mas é o fato não se iluda pois conhecendo os defeitos é o melhor fato ,ponto de descubri se é amor mesmo se vai valer a pena lutar ate o fim… temos que ver pelos dois lados mas é como vc disse meu Amigo nem todos relacionamentos são assim existe relacionamentos totalment diferent do que vc disse mas tbm a muitos da maneira que vc disse parabens pelo seu descursoo pela criatividade de posta este POST ao publico … 😉

  6. Anonymous disse:

    Meu namoro mesmo com dificuldades e perfeito pra mim por Tôu com a mulher e pra mim n em porta se tem dificuldades ou não.

    • Pois veja bem caro leitor (a). Você diz que não porta se tem dificuldades ou não, isso já é quase admitindo que tem problemas SIM. Então minha resposta a seu cometário é, PARABÉNS! Isso mesmo que é valorizável, saber que apesar dos obstáculos o casal consegue ser feliz SIM e ainda considerar o relacionamento como perfeito. Obrigado deixar seu comentário! Abraços…

  7. Anonymous disse:

    Hum tá certo obrigado pela resposta.

  8. Anonymous disse:

    Hum mentiroso e o carai

  9. Anonymous disse:

    Existe relacionamento perfeito sim cara o meu e um até agora, e até em fiilmes e mas fácil existe um relacionamento perfeito

    • Obrigado por comentar caro leitor (a). E Graças a Deus por seu relacionamento ser PERFEITO como você diz. Isso depende do que cada pessoa classifica como perfeito. Mas de qualquer forma, parabéns!

      Agora dando continuidade, acho que o amigo não lei o post todo, nem essa parte: “Antes de alguém deixar algum comentário dizendo que estou totalmente errado com a escrita deste artigo, eu gostaria de dizer que o conteúdo deste post não se aplica a todos os relacionamentos, pois como sabemos, as pessoas são diferentes. Mas se aplica na maioria dos relacionamentos.”

      Eu falei: “Não crie falsas expectativas de um relacionamento perfeito SEM PROBLEMAS”, ou seja, existe relacionamento perfeito, o meu mesmo é um, mas se você disser que nunca teve problemas, algum obstáculo qualquer, o caro leitor (a) vai me perdoar, mas vou ter que chamá-lo de mentiroso (a). Bem vindo ao blog!