1º seminário INTEGRAÇÃO E ASSOCIATIVISMO de Tasso Fragoso

Aconteceu neste mês de novembro dia 08 na cidade de Imperatriz o 1º seminário de INTEGRAÇÃO E ASSOCIATIVISMO – ROTA CHAPADA DAS MESAS X JALAPÃO.

(Polo Turístico, do sul do Maranhão e polo Turístico do sul de Tocantins). Promovido pelo SEBRAE E SECRETARIA DE TURISMO DO ESTADO.

Seminário meio ambiente de Tasso Fragoso

Esteve presente no evento o secretário de turismo do estado Jura Filho, com toda sua equipe técnica. SEBRAE São Luís, Balsas e Imperatriz, prefeituras dos municípios de Tasso Fragoso, Balsas, Riachão, Carolina e Estreito representantes do seguimento de turismo, donos de hotéis, pousadas, guias, restaurantes, bares e donos de agências, do polo Chapada das mesas.

Seminário meio ambiente de Tasso Fragoso

Cecília SEBRAE Balsas

SEBRAE de Balsas

SEBRAE de Balsas

De Tocantins, foi marcado presença também de representantes técnicos do governo do estado, SEBRAE, empresários do polo turístico Jalapão.
O seminário tinha como objetivo analisar e viabilizar a integração dos dois polos, organização do produto turístico, acesso a mercado e produtos coletivos, já que é de conhecimento de todos, além de serem próximos, ambos contam com grande potencial turístico.

Ficando combinado por unanimidade que o portal de entrada para o polo Chapada das Mesas seria a cidade de Imperatriz, por contar com Infraestrutura (aeroporto) e o portal de entrada para o polo Jalapão, seria a capital Palmas por contar também com infraestrutura.

Abaixo a foto com Lirô (Museu do Cerrado), Secretário de Turismo de estado (Jura Filho) e Manin (Secretário de Meio Ambiente e Turismo de Tasso Fragoso).

Lirô, Jura Filho e Manin

Secretário Jura Filho agenda visita á Tasso Fragoso

O turista que tiver como destino o polo Chapada das Mesas visitaria a cidade de Estreito visitando principalmente as praias, a seguir a cidade de Carolina o Complexo da Pedra Caída, a cidade de Riachão o Poço Azul, a cidade de Balsas o Rio Balsas e em seguida virão pra Tasso Fragoso visitando o Complexo Arqueológico, saindo então pela cidade de Alto Parnaíba que tem acesso ao estado de Tocantins, assim chegando ao Jalapão embarcando na capital daquele estado.

Lembrando que estamos falando do produto principal, mais agregado a isso, cada cidade dessas podem e devem existir vários outros produtos de interesse (fica aqui o alerta).

O turista que vier com destino ao polo Jalapão, entrando pela capital Palma, visita a região, em seguida pode vir pra cidade de Alto Parnaíba, visitando Tasso Fragoso, Balsas, Riachão, Carolina e Estreito, embarcando em Imperatriz.

Luis Marques SEBRAE São Luis

Luis Marques – SEBRAE – São Luis

Ficou acertado também que um grupo de empresários técnicos de seguimentos turístico, dos dois estados visitará cada cidade mencionada para avaliar questões estruturais, só assim poderão incluir as mesmas em seus pacotes quando forem vendidos. (Fica aqui outro alerta).

Vamos falar de Tasso Fragoso, desde o ano de 2001, quando foram descobertos os primeiros vestígios arqueológicos, soube se logo de cara que tínhamos um grande potencia nas mãos, como uma pedra bruta que teria que ser lapidada, o município por sua vez buscou parcerias com o SEBRAE Balsas, e outros, ate que finalmente fomos visitados pala secretaria de estado, que acionou o IPHAN (Instituto do Patrimônio histórico e Artístico Nacional). Que reconheceu que realmente tínhamos o que é chamado de PATRIMÔNIO DA HUMANIDADE, dando o título de município detentor do maior acervo arqueológico do estado do Maranhão.

Secretário de turismo Jura Filho falando da importância da integração dos dois polos

Secretário de turismo Jura Filho falando da importância da integração

Recentemente recebemos um título não menos importante, E que também é de grande interesse turístico de município maranhense com maior incidência espeleológica, ciência que estuda as cavidades naturais e outros fenômenos cárstico nas vertentes da sua formação, constituição, característica físicas, formas de vida, e sua evolução ao longo do tempo, dado pelo grupo GEM (Grupo Espeleológico de Marabá) Casa de Cultura de Marabá, na pessoa do Professor Dr. Noé Von.

Lirô, Manin, Vilaneide e Jura Filho

Lirô, Manin, Vilaneide e Jura Filho

Na foto acima estão: Lirô (Museu do Cerrado), Secretário de Meio Ambiente e Turismo de Tasso Fragoso (Manin), diretora de turismo (Vilaneide) e o Secretário de Turismo do Maranhão (Jura Filho).

Quando fomos visitados pela primeira vez para passarmos por uma avaliação turística, constatou – se que tínhamos mesmo um potencial, que se bem trabalhado poderia ser uma alternativa de renda para essa comunidade, diga se de passagem, o turismo é um dos seguimentos que mais cresce no mundo, isso é fato. Mais…

Temos muito ainda o que fazer, os municípios precisam se organizar, os poderes públicos voltarem mais os olhos, e verem com mais carinho, as cidades precisam ser mais limpas, os acessos aos atrativos tem que ser melhorados, os empresários tem que se qualificarem mais, somente assim, os frutos começaram a aparecer.

Fonte: Lirô do Museu do Cerrado em Tasso Fragoso – MA

Deixe seus comentários e compartilhe.

Sobre o autor | Website

Webmarketer apaixonado por criação de conteúdo. Vivo apenas de internet faz mais de 5 anos. Se eu puder ajudar em algo, conte comigo!

Receba por email as novidades aqui do blog e também as minhas dicas exclusivas. É GRÁTIS!

100% livre de spam.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!