BLOG Blogs Motivação Romaryw Borges

Verdades sobre a vida de blogueiro

A vida de blogueiro (a) não é tudo maravilha como muita gente pensa, não é tão difícil como muitos temem, e principalmente, não é desonesta como muitos julgam.

Isso mesmo! Neste post vou falar um pouco sobre a vida de blogueiro. Tudo que falarei aqui não se aplica a todos, mas sim de um modo quase geral a vida da maioria dos blogueiros que dia após dia dedicam-se a criar conteúdo de qualidade e espalhar pela internet, fazendo da web um mar imenso cheiro de informações postadas por pessoas reais que vivem, que blogam.

“Bloggar vai além de um trabalho, além de um passa tempo, bloggar é uma arte”. (Romaryw Borges)

O trabalho de blogueiro pode ser considerado como profissão para alguns, como diversão para outros, e para mim significa tudo isso e muito mais.

A atividade realizada pelos blogueiros é na realidade uma arte que leva leitores a voar em mares de informações, se divertirem com a interatividade e refletirem em poesias.

Blogar é a arte de criar conteúdo digital (vídeos, textos, entre outros) que ajuda as pessoas a solucionar problemas, entretém a muitos e transforma vidas.

Os blogs beneficiam os blogueiros e os leitores

“Os melhores blogueiros ganham a vida ajudando as pessoas” (Romaryw Borges).

O caminho da blogosfera tem dotado muitas pessoas com conhecimentos que muitas vezes não se aprende em uma universidade e em nenhum outro lugar desta terra. É uma diversidade enorme de conteúdo gratuito e pago para as pessoas escolherem aquilo que melhor atenda a suas necessidades.

Em resumo, são bilhões e bilhões de internautas felizes por encontrar nos blogs aquilo que procuram na internet e milhares de blogueiros (as) felizes por encontrar nos blogs a liberdade que procuram de poder compartilhando seus conhecimentos e/ou até mesmo poder trabalhar em casa ou em outro lugar, período integral ou parcial, trabalhar quando e onde quiser e ao mesmo tempo se divertir fazendo algo que gostam.
Blogueiros verdadeiros amam seus projetos online e se dedicam para fazer desta atividade o seu trabalho, sua diversão e também sua fonte de aprendizado onde a cada dia se pode aprender algo novo.

Mas fique atento (a)! Pois…

Vida de blogueiro não é tudo maravilha como muita gente pensa

Com um pouco de experiência que tenho atuando na blogosfera já há algum tempo, e também por gostar de visitar outros blogs (se forem interessantes para mim), conheço um tanto bom sobre o assunto e vou ser franco com você. Não se engane ao pensar que vida de blogueiro é um mar de rosas!

Tenho notado que muitas pessoas deixam comentários em blogs falando que pensam em ser blogueiros (as) porque é uma coisa boa. Sim, é uma coisa boa! Mas essas mesmas pessoas justificam querer seguir esse caminho porque blogueiros não trabalham, porque é fácil ser blogueiro, porque isso e porque aquilo. Fico bobo ao ver coisas do tipo!

Até mesmo podemos encontrar na blogosfera blogueiros inexperientes ou mal informados, ou ainda mal intencionados, fazendo afirmações de que vida de blogueiro é tudo uma maravilha, que qualquer pessoa consegue ser blogueiro, etc.

Gente! Não é exatamente assim. Vida de blogueiro não é tão fácil e nem é para todos. Precisa se ter pelo menos o básico de conhecimento em computador e internet (se você não tem, busque aprender ou desista de blogar).

Para ser blogueiro precisa ter paciência (muita paciência) para saber esperar meses ou anos para começar a colher os frutos dos muitos trabalhos diários (frutos aqui pode ser dinheiro, fama ou outro reconhecimento, ou ambos).

Além do já falado, para ser blogueiro é recomendável ou até necessário que a pessoa goste de exercer essa atividade e procure atuar em um nicho que tenha conhecimento ou facilidade para aprender sobre.

Abaixo vou destacar alguns pontos importantes (necessidades) para alguém poder conseguir a vida de blogueiro:

a) Dedicação de tempo

Quase todo blogueiro (a) de sucesso que atua integralmente ou parcialmente já passou e/ou está sujeito a passar noites e noites quase inteiras acordado tentando resolver algo em seu projeto, criando conteúdo, batendo cabeça com HTML, estratégias, SEO ou estudando outras coisas relacionadas para melhorar a atuação em seu blog ou em seus blogs. Isso mesmo! Muitas pessoas têm vários blogs, principalmente quem vive apenas da web.

Blogueiro tem que ser bom em escrita, necessita-se de aprender técnicas de SEO, pelo menos o básico de configurações do projeto e outras coisas relacionadas à composição de blogs.

Mas calma! Se você pretende seguir por este caminho (blogs), parabéns pela escolha, e não fique traumatizado (a) por causa de tudo isso que falei.

Não estou querendo faze-lo desistir de ser blogueiro (a), só estou sendo realista para que você não crie falsas esperanças e entre despreparado nessa jornada que na realidade é longa e exige muito esforço por parte daqueles que escolhem este caminho.

Uma boa notícia é que para iniciar no ramo de blogs não é necessário que você já entre sabendo de tudo isso que falei, pois quando comecei também não sabia de quase nada disso.

b) Situação em que não há tanta necessidade de gastos

Se você já tem o conhecimento necessário, isso é bom, pois é bem mais fácil. Mas isso também não vai lhe garantir sucesso. O sucesso nesse ramo depende de muitos outros fatores, como por exemplo: dedicação, gostar de fazer isso, ter paciência como já falei, etc.

Necessita-se também de investir tempo e dinheiro pra se ter um blog profissional. Mas fique tranquilo! Não é muito dinheiro assim, e às vezes nem precisa investir nada ou quase nada em dinheiro. Se você souber fazer tudo vai precisar investir apenas seu tempo.

Pra quem não tem o conhecimento necessário relacionado a blogs, pode ser mais complicado para se tornar um blogueiro (a) de sucesso, mas não impossível.

Eu mesmo sou testemunha de que não é impossível, pois como já falei, iniciei sem saber de quase nada e sem gastar inicialmente. Bem que para muitos eu também não sou ainda um blogueiro de sucesso, rsrs, mas para mim e muitos dos meus leitores eu já sou e isso que importa.
Entrei nessa apenas com muito pouco conhecimento em computação, muita curiosidade, persistência e força de vontade que são coisas que considero indispensáveis.

Dinheiro inicialmente eu não tinha para investir, só depois de muito tempo que passei a investir coisas além do meu tempo.
Sobre a blogosfera, o segredo é que não existe segredo. Basta apenas você se dedicar, e o que não souber você aprende na prática.
É tentando, errando e acertando, estudando textos relacionados em outros blogs, vendo vídeos no YouTube ou em outros lugares, etc.

c) Você precisa investir

Acabei de falar que não há necessidade de investir, mas isso não é para sempre. De todas as duvidas que você possa ter sobres blogs, uma coisa é certa, você vai precisar investir, e não estou falando apenas do seu tempo, estou falando de dinheiro mesmo.

Para ter um blog de sucesso é quase impossível não investir algum trocado. Calma que vou explicar!

Você pode começar da forma mais simples, fazendo tudo sozinho (como foi o meu caso), sem ter domínio próprio e com seu projeto hospedado em uma plataforma de hospedagem grátis, mas no futuro você verá que precisa mudar e ter no mínimo um domínio próprio (www.seublog.com.br, .com, .net ou outro), pois isso passará mais credibilidade aos visitantes de sua página, afinal os visitantes são a vida de qualquer projeto online.

Essas necessidades de mudança e investimento aconteceram comigo, aconteceu com outros blogueiros e acontece com todos que decidem blogar profissionalmente.

Sendo assim, você não está isento! Então, mais cedo ou mais tarde, muito ou pouco, mas é necessário investir.
Por isso recomendo que a pessoa já inicie do jeito certo, e se já iniciou mais ainda está despreparado (a), então se prepare ou talvez não tenha sucesso com seu blog.

d) Pergunta! Todos podem ser blogueiros?

Bom seria que minha resposta fosse sim, mas como sou verdadeiro minha resposta é NÃO! Já vi muitos afirmando por aí que qualquer pessoa pode ser blogueiro, mas eu discordo.

Blogs não são para todos, apenas os persistentes sobrevivem nesse ramo, e nem são todos os persistentes.

O trabalho de blogar, mais cedo ou mais tarde, vai exigir o básico ou muito conhecimento relacionado a cada projeto que se pretenda criar.
É preciso que o blogueiro esteja sempre se atualizando, aprendendo algo novo, e ainda assim não ter certeza do sucesso do seu projeto. Infelizmente esse é um fato inegável, e os blogueiros sabem.

Por isso já vou dar uma dica legal: Não aposte todas as suas fichas em um único projeto! Tenha dois, três ou o tanto de blogs que você conseguir tocar com excelência!

O cuidado deve ser apenas para que crie projetos de qualidade que realmente agregue valores na vida das pessoas, e que sejam coisas que você saiba fazer (ou aprenda), e que não lhe sobrecarregue, pois com a sobrecarga você seria quase que incapacitado de atuar em ambos.

O ideal é que você inicie apenas com um projeto, ai depois que você já tiver pegado o jeito, se vê que consegue fazer outro, então crie outro projeto e assim por diante.

Outra coisa que também se deve saber é que não existe curso para capacitação que garanta o sucesso de um blogueiro.

Na verdade existem muitos cursos que podem guiar e ajudar muito, mas precisa que a pessoa de fato lute bastante para colocar tudo em prática e mergulhe fundo no mar da web para conquistar seu espaço, seu sucesso, e assim é com quase tudo nesta vida que seja digno.

A verdade é que centenas e milhares de blogs são criados todos os dias, mas destes apenas uma porcentagem muito pequena permanece. Os outros desistem em menos de um ano, e maioria antes mesmo de três meses.

Para ter uma ideia do quanto o que falo é verdadeiro, apenas reflita! Se o caminho dos blogs fosse tão fácil e tão maravilha como muitos pensam, então todos seriam blogueiros e todos tinham uma vida boa. Mas não é assim.

Agora vamos para uma boa notícia! Apesar de tudo já falado, a vida de blogueiro…

1. …não é tão difícil como muitos temem

Já falei de tantas coisas difíceis que talvez, se você ainda não for um blogueiro de sucesso, neste momento esteja sentido negatividade e pensando que não consegue ser blogueiro. Calma! É fácil ser blogueiro? Não é! Mas também não é tão difícil.

Vou dar algumas dicas novas e repetir outras que já até falei neste mesmo post. Para ser blogueiro você só precisa ter força de vontade!

Se você é alguém que tem os conhecimentos necessários, você tem grande chance de se dar bem na blogosfera. Se você não tem o conhecimento necessário, e nem um pouquinho de dinheiro para fazer algum curso, tudo bem, se dedique, pesquise na internet sobre o assunto, veja vídeos, busque conteúdo gratuito, pois existem milhares pela internet que com certeza irão suprir todas as suas necessidades ou boa parte delas. Inclusive, aqui mesmo neste blog você pode encontrar muitas dicas legais.

a) Faça cursos voltados para blogs

Como eu já passei por muitas das duvidadas da maioria das pessoas ao querer criar um blog, e como já conheço o caminho, então lhe digo que a jornada se torna bem mais fácil se você investir um pouco em um curso que lhe ensine exatamente o caminho que deve seguir.

Você pode encontrar conteúdos de graça, mas são muitas informações fora de ordem, muitas vezes sem foco naquilo que você pretende, e por não saber qual informação é verdadeira existem grandes possibilidades de você cair em furadas pelo caminho.

Talvez na tentativa de conseguir ganhar algum dinheiro você acabe gastando muito e ganhando pouco ou nada. Resultado? Você vai ficar desanimado e desistir de blogs. Vai perder a oportunidade de seguir neste caminho maravilhoso que é o caminho da blogosfera.

Outra coisa negativa em conteúdos grátis que você encontra na web é que daqui que você venha aprender tudo da forma certa, talvez já tenha se passado muito tempo, às vezes até anos, e talvez isso o leve a desistir.

Umas das muitas vantagens de um bom curso é que você está pagando por algo que vai te mostrar em pouco tempo exatamente o que você deve fazer e como deve proceder, o que deve evitar.

Um curso vai te ensinar o que é certo e ajudar você a evitar os erros. Outra coisa boa é que com você tá pagando, você vai ficar mais focado, vai querer de fato consumir muito bem o conteúdo do curso porque dinheiro não cai do céu.

Resultado? Pesquisas comprovam que pagando por algo a pessoa valoriza mais do que recebendo de graça.

b) Está mesmo sem grana? Invista apenas seu tempo, dedique-se!

Se depois de tudo que falei sobre os benefícios de se fazer um ou mais cursos você ainda insistir que não quer investir dinheiro, tudo bem. Existem pessoas que investem apenas tempo e consegue ter sucesso com seus blogs. São poucos os casos, mas existe.

Então, blog não é tão complicado como muitos temem. Exige-se apenas que a pessoa tenha paciência, persistência e determinação. Mãos à obra, e o sucesso pode vim logo depois de muito ou pouco tempo de trabalho.

Outra notícia boa: Se você passar a blogar profissionalmente e obtiver sucesso, poderá viver disso, os ganhos poderão ser ilimitados e crescentes mês após mês.

Pense na liberdade de horário, sem patrão enchendo seu saco, poder trabalhar fazendo o que você gosta e poder viajar levando um escritório em uma mochila! Pensou? Hilário né? Mas é que o seu escritório será apenas seu notebook. De fato isso é maravilhoso!

Depois das tempestades vem à calmaria!

Depois das lutas iniciais, quando começar a colher os frutos você perceberá que o bom resultado vai só crescendo e crescendo, mais e mais (isso se você não se acomodar). Então podemos concluir que, apesar das dificuldades, vida de blogueiro não é impossível de ser conquistada e nem mesmo chega a ser tão difícil. Mas aqui não quero generalizar nada, pois isso vai depender de cada pessoa ou de cada projeto.

Mais uma coisa que garanto é que você não precisa ter dúvidas com relação à dignidade deste ramo, pois…

2. …vida de blogueiro não é desonesta como muitos julgam

Afirmo isso não apenas para defender um ramo do qual faço parte, mas sim porque é pura verdade. Eu como blogueiro afirmo a esse respeito, outras pessoas que não são blogueiros, mas que entendem do assunto dizem o mesmo, e milhões de internautas (blogueiros ou não, entendidos no assunto ou não) que são beneficiados diariamente com conteúdos eficientes (grátis ou pagos) também irão concordar que a vida do verdadeiro blogueiro não tem nada de desonesto.

a) Os blogueiros trabalham muito

De acordo com tudo que já lhe falei nesses textos, dá pra você ter entendido que blogar é uma atividade digna igual ou até mais do que tantas que existem por aí.

“Um mito diz que blogueiro não trabalha, mas a verdade é que maioria dos blogueiros não param de trabalhar”. (Romaryw Borges)

Como minha frase acima diz, dá pra você perceber também que blogueiros trabalham e é muito!

Se o blogueiro hoje vive bem e ganha bem, acredite, ele já deu um duro danado para chegar onde está. E tem mais, não pense que agora ele está aposentado. Pois todos os tipos de projetos online (blogs ou outros) que conheço funcionam basicamente assim: Você pode estar ganhando muito bem, mas se parar de trabalhar no projeto os ganhos vão caindo até chegar ao ZERO por mês. Entende isso?

Então se o blogueiro consegue bloggar profissionalmente e viver disso, ele não ganha dinheiro sem trabalhar.

Na realidade ele trabalha e muito, em alguns casos até mais do que outras pessoas, mas a vantagem é que ele faz o que gosta, quando e onde quer, não tem chefe enchendo o seu saco, e tem muita vantagem na flexibilidade de horário.

b) Blogueiros desonestos

Para concluir sobre falsos pensamentos e até mesmo afirmações de que blogueiro é desonesto, ganha dinheiro enganando as pessoas e não trabalha, eu Romaryw Borges quero afirmar, com base em experiência própria e conhecimento a respeito, que na realidade não é assim. Mas claro, existem exceções.

Existem blogueiros mal intencionados que na minha concepção não são dignos nem de serem considerados blogueiros, mas sim bandidos da internet.

Gente que ganha à vida infestando a internet com informações maldosas, informações enganosas, gente que ganha dinheiro enganando as pessoas, inventando sistemas fraudulentos, cursos com conteúdo ruim por preços enormes, etc.

Mas como falei, são exceções. São pessoas que infelizmente são ditos blogueiros pelo simples fato de terem blogs, mas que apenas usam os tais para praticar o mal através da internet.

A internet em si, incluindo blogs e outros meio de informações, é uma ferramenta de grande poder que pode ser usada para fazer o mal ou o bem, dependendo de quem a use.

Então se você quer ser blogueiro (a), seja um bom blogueiro que de fato trabalha! Que usa seu blog de forma honesta, que ajuda as pessoas, cria conteúdo relevante e de qualidade, que é humilde e verdadeiro, e o melhor, que ganha dinheiro com essa atividade, mas com a consciência tranquila porque sabe da dignidade do seu trabalho na blogosfera.

Conclusão

Para os que julgam mal os blogueiros, procure saber o que significa de fato ser um e você entenderá.

Este post já falou bem a respeito, mas você pode pesquisar em outros blogs ou qualquer lugar que forneça informações verídicas relacionadas.
E caso as informações obtidas não sejam suficientes, seja um blogueiro (a) e você saberá de tudo na prática que é bem melhor do que apenas ouvir falar.

Não decida ser blogueiro com a ilusão de que é muito fácil, mas também não precisa ter medo e muito menos pensar que você não leva jeito, não pense que você não consegue.

Se você é capaz de indicar ou ensinar algo que possa ser útil ou legal pra alguém, mesmo que seja algo simples, então seja um blogueiro e expanda suas possibilidades de compartilhar o bem e poder receber bons frutos por isso.

Quero neste momento agradecer por você ter chegado até aqui, e lhe digo que o tempo gasto lendo esse texto (que gastei muito tempo escrevendo) foi um investimento em seu futuro como blogueiro ou em qualquer outra coisa da sua vida. Afinal de contas, o conhecimento é uma das poucas coisas que ninguém pode nos roubar.

Paz para você. Caso seja um blogueiro, parabéns! Caso não seja e nem pretenda, tudo bem. Pelo menos agora tem uma ideia do que se trata, e pode pensar mais nessa possibilidade.

Caso esteja pretendendo ser um blogueiro (a), seja bem vindo a este maravilhoso mundo do qual orgulhosamente faço parte! Muito sucesso, e se precisar de mim é só falar.

Mais abaixo existe um espaço para você deixar seu COMENTÁRIO sobre o assunto, colocando suas dúvidas ou dizendo o que achou de tudo que falei.

E se tiver gostado, por gentileza #COMPARTILHE! Afinal, se algo foi útil pra você, provavelmente será útil para outras pessoas também. Faça o bem.

Abraços de Romaryw Borges

Sobre o autor | Website

Blogueiro apaixonado por criação de conteúdo. Come, bebe e respira a internet onde atua a mais de cinco anos criando diversos projetos seus e de clientes que ficaram tão satisfeitos e se tornaram amigos...

Receba por email as novidades aqui do blog e também as minhas dicas exclusivas. É GRÁTIS!

100% livre de spam.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

6 Comentários

  1. luciano disse:

    Excelente.Penso em trabalhar com blog, mas já vejo algo como consultoria. O mercado está cheio de empresas, mas poucas possuem blogs profissionais Há muito amadorismo no mercado e já vislumbro uma excelente oportunidade.
    Lembrei do início de seu blog, era horrível, mas agora está bem melhor. Tanto que até repassa este que é um blog vendedor.
    Abração

  2. Metal Omega disse:

    Terei de terminar de ler o conteúdo depois, mas pude compreender bem o que se passa pelos pontos importantes, em resumo, vida de blogueiro é sim uma arte, é para quem gosta, não é fácil. Dá para ganhar dinheiro, mas não é da noite para o dia, e é necessário muita dedicação.
    Parabéns pelo artigo, te desejo sucesso.

  3. Marcus Alencar disse:

    Olá, caro amigo. É com muita alegria e satisfação que chego ao final da leitura do seu texto para registrar o quanto achei importante o conteúdo dele. Como já disse na postagem que acabo de compartilhar no facebook, acredito que pessoas como você contribuem ainda mais para a diminuição do preconceito contra os blogueiros e empreendedores digitais.

    Inclusive, lendo seu texto minha memória foi viajando por outras épocas quando, no começo, criei um blog para postar críticas de cinema apenas, isso na época da faculdade, mas as coisas foram mudando. Ideias acontecendo, alianças se formando e outros blogs aparecendo e com isso mais e mais eu formava minha identidade como blogueiro. Sempre achei isso maravilhoso, pode dialogar com tantas pessoas, transmitir informação ou propiciar reflexões que de algum modo também ajudem as pessoas. Enfim, foi amor a primeira vista praticamente e hoje me arrependo das vezes que dei um tempo ou por não ter me dedicado tanto quanto deveria e crescido mais.

    De qualquer modo, quando você trabalha com força de vontade, de forma honesta e é humilde o crescimento é ainda maior pois é uma consequência das suas atitudes, o que por um lado até nos motiva a lidar com as dificuldades que são todos esses códigos chatos (WordPress, cof, cof, cof, rs) e outras coisas mais.

    Enfim, já falei demais e praticamente estou publicando um post inteiro no comentário. Até comento com um amigo esses dias, blogueiro não comenta, faz postagem dentro do comentário ehehe.

    Abraço e parabéns pelo ótimo artigo. Fica com Deus.

    • Opa meu amigo. É com grande alegria que quero lhe agradecer pelo feedback. São palavras assim que me dão forças para continuar…

      Fique a vontade para comentar e visitar sempre qualquer um dos meus blogs meu amigo.

      Grande abraço. Paz…